Inicie agora o seu “preparo físico” financeiro

In shape & money

A melhora da condição financeira, tal como a melhora da condição física, é um processo que ocorre ao longo do tempo com a dedicação do “atleta”, o suporte do treinador e a tomada de decisões corretas.

É por isso que “personal trainer” das finanças, “preparador físico” é uma boa definição para explicar o trabalho de um consultor em finanças pessoais. Atendimento personalizado – adequado às necessidades e aos objetivos de cada “atleta” –, acompanhamento periódico, análise e discussão do desempenho são pontos comuns entre os “personal trainers” da academia e os “personal trainers” do dinheiro.

Se o conceito é similar, o método de trabalho também apresenta pontos semelhantes. Medição do peso, altura, índice de massa corporal e realização de um teste ergométrico ajudam o preparador físico a conhecer melhor a condição física do seu novo “atleta”.

No caso do consultor em finanças pessoais, existem também alguns índices que podem ser monitorados para acompanhar a saúde financeira, para bater uma fotografia das finanças do atleta na data inicial do trabalho de planejamento financeiro.

Não há momento melhor para tirar esta fotografia financeira do que no início do ano, quando a resolução de muitos para o ano novo envolve, entre outros objetivos, a conquista de uma situação financeira melhor. Você pode começar calculando três índices: o seu patrimônio esperado, a sua taxa de poupança e a sua taxa de riqueza.

PATRIMÔNIO ESPERADO

A fórmula para se calcular o patrimônio esperado foi desenvolvida por dois pesquisadores norte-americanos Thomas Stanley e William Danko, também autores do livro “O Milionário Mora ao Lado”.

“Qualquer que seja a sua idade, qualquer que seja a sua renda, quanto você deveria ter agora mesmo?”. A fórmula proposta para responder a esta pergunta é: multiplique a sua idade pela sua renda familiar anual realizada, antes dos impostos, provinda de todas as fontes exceto herança. Divida por 10. Isso, menos a riqueza herdada, deveria ser o valor do seu patrimônio líquido.

Para ilustrar, vamos calcular o patrimônio esperado de Gustavo, arquiteto de 30 anos. Gustavo recebe do seu empregador R$ 3 mil por mês e tem uma aplicação em fundos de renda fixa de R$ 50 mil que geram R$ 250,00 ao mês de rendimentos acima da inflação. Assim, sua renda mensal é de R$ 3.250,00 e sua renda anual de R$ 39 mil (R$ 3.250,00 x 12). Aplicando a fórmula temos:

Patrimônio esperado = (Renda Anual x Idade) / 10
Patrimônio Esperado = (R$ 39 mil x 30) / 10 = R$ 117 mil

Pela sua idade e renda, Gustavo deveria ter um patrimônio hoje de R$ 117 mil. Vamos um passo além, calcular qual o patrimônio de Gustavo hoje. Para chegar a este valor, basta somarmos todos os bens de Gustavo (ativos) e subtrairmos o que Gustavo deve (passivo). Além dos investimentos de R$ 50 mil, Gustavo tem um carro no valor de R$ 35 mil com R$ 15 mil ainda financiados. Assim seu patrimônio é de:

Patrimônio Atual = Ativos (Bens) – Passivos (Dívidas)
Patrimônio Atual = R$ 50 mil + R$ 35 mil – R$ 15 mil (dívida carro) = R$ 70 mil

Gustavo tem hoje um patrimônio de R$ 70 mil. Pela nossa fórmula dos pesquisadores americanos, ele deveria ter R$ 117 mil. Portanto, seu patrimônio atual corresponde a 60% do patrimônio esperado (R$ 70 mil / R$ 117 mil = 60%). Este é um primeiro índice!

O ideal é que o patrimônio atual corresponda a 100% do patrimônio esperado. Porém, tão importante quanto chegar aos 100%, é monitorar este índice com freqüência e verificar que ele está crescendo.

TAXA DE POUPANÇA

A taxa de poupança é um índice simples, porém fundamental. É a divisão entre o que se poupa por mês pelo que se ganha. Por exemplo, Gustavo ganha R$ 3.250,00 por mês e gasta R$ 3.100,00 com alimentação, transporte, educação e lazer, por exemplo. Sobram apenas R$ 150,00 para poupar (R$ 3.250,00 – R$ 3.100,00).

Taxa de Poupança = Poupança / Ganhos
Taxa de Poupança = R$ 150,00 / R$ 3.250 = 4,62%.

O ponto positivo é que Gustavo poupa, gasta menos do que ganha. No entanto, poupa pouco. É indicado que a taxa de poupança seja de 10% a 20%.

TAXA DE RIQUEZA

A taxa de riqueza foi proposta pelo livro “Aposentado Jovem e Rico”, de Robert Kiyosaki. Segundo o autor, o cálculo da taxa de riqueza é muito simples:

(renda passiva + renda de portfólio) / (despesas totais)

Renda passiva é aquela que você recebe sem trabalhar, por exemplo, a renda de aluguéis. Renda de portfólio é aquela gerada a partir dos seus investimentos, seja renda fixa, ações ou qualquer outro investimento

O objetivo de calcular a taxa de riqueza é fazer com que a renda passiva e de portfólio se igualem ou excedam as despesas totais. Quando isso acontecer, você pode, por exemplo, se aposentar e manter o seu padrão de vida.

Na prática, Gustavo ganha R$ 250,00 como renda de portfólio dos seus investimentos e gasta R$ 3.100. Assim, sua taxa de riqueza é de 8% (R$ 250 / R$ 3.100 = 8%). O ideal é monitorar a taxa de riqueza para que ao longo do tempo ela se aproxime a 100%.

MONITORANDO OS RESULTADOS

Se você calculou os índices e não gostou do resultado, pense que só o fato de conhecer um pouco melhor sua situação financeira já é um avanço. Lembre-se de que mais importante do que ter valores ideais dos índices calculados acima é monitorá-los com freqüência e perceber que os índices estão melhorando.

A tabela abaixo pode ajudar:

AntesJaneiro 2007 DepoisJaneiro 2008
% do Patrimônio Esperado
Taxa de Poupança
Taxa de Riqueza

COMO MELHORAR OS ÍNDICES?

Calculados os índices, o próximo passo é trabalhar para melhorá-los. Um ótimo começo é o investimento na sua educação financeira: leia livros, revistas, artigos e sites sobre o tema.

Com certeza, novos conhecimentos ajudarão a melhorar sua performance. Outra alternativa é buscar a ajuda de um “personal trainer” das finanças que trabalhará junto com você para melhorar a sua situação financeira. O importante é começar o quanto antes! Agora, é com você!

*Marcelo Junqueira Angulo – planejador financeiro pessoal na Fabiano Calil Gestão Financeira Pessoal (www.fabianocalil.com.br). Graduado em Administração de Empresas pela EAESP-FGV,  com cursos de especialização pela New York University (EUA). Fundador do site AmigoRico.org com mais de 15 mil membros

Uma ideia sobre “Inicie agora o seu “preparo físico” financeiro

  1. maria luisa carrara tonello

    Congratulations!!!! Gostei muito do blog, objetivo, com linguagem simples. Adorei a associação com personal trainer físico (embora eu seja muito mais disciplinada com as minhas finanças). Acabei chegando em resultados que demonstram a minha performance financeira, de certa forma, porém com estas fórmulas ficou muito mais didático. Muito parecida com a tabela resumo, já faço uma que demonstra meus ganhos e meus gastos por mês e por ano. Por mês, anoto absolutamente tudo que gasto, até uma bala. No final do ano faço um resumo. Devido as comparações, consegui eliminar vários gastos desnecessários e poupar um poco mais.
    Continuem com dicas.
    Abraços
    MLCT

Deixe uma resposta